Overview | Blog

A mídia programática e o metaverso

23/08/2022 15:18:01

  • Compatilhe:

A mídia programática e o metaverso


A mídia programática é uma forma inovadora de comprar anúncios on-line, que gerou mais praticidade e eficiência para as empresas e transformou o mercado publicitário. Já o metaverso é um conceito que pretende conectar avatares, simulando a realidade e impactando a comunicação entre as empresas e seus clientes.

Quer saber qual a relação entre esses dois temas? Acompanhe nosso texto até o fim!



Depois que o Facebook mudou o nome para Meta, as empresas passaram a buscar maneiras de investir nesse mercado. Isso porque, o que antes parecia enredo de filme de ficção científica tornou-se uma realidade quase tangível.

Na prática, acredita-se que em pouco tempo os mundos real e virtual estarão integrados, de modo que as pessoas consigam interagir, trabalhar, estudar e participar de shows, entre outras experiências, utilizando seus avatares.

Neste artigo, abordamos o conceito de metaverso e como ele está associado à mídia programática. Esse assunto desperta sua curiosidade? Então, acompanhe nosso conteúdo até o fim!


Metaverso: o que é?


O metaverso consiste em uma rede de universos virtuais que simula a realidade por meio da conexão entre as pessoas, representadas por seus avatares. 


Acredita-se que, em um futuro próximo, os limites entre o físico e o virtual deixem de existir e os usuários possam imergir no metaverso utilizando recursos de realidade virtual e aumentada.


Para isso, pode ser necessário conectar acessórios como óculos a aplicativos e smartphones. E mais: de acordo com esta reportagem, da Época Négocios, possibilidades mais drásticas, como implante no cérebro, também estão sendo estudadas.

Especialistas entendem que o metaverso irá transformar diversas áreas, como a medicina e o universo corporativo, com cirurgias e treinamentos realizados à distância. Além disso, essa novidade promete provocar o surgimento de novas profissões.

A implantação do metaverso depende da evolução de algumas tecnologias, como o 5G, porém esse termo não é recente. Ele foi utilizado pela primeira vez pelo escritor Neal Stephenson em seu livro de ficção científica “Snow Crash”, lançado em 1992.


O que são NFTs? 


Você já deve ter ouvido falar em NFTs. Trata-se de uma sigla que significa Tokens Não Fungíveis e se refere a itens que não se misturam e não podem ser trocados por outros de igual valor, como é o caso de uma nota de dinheiro.


O que isso quer dizer? Que se você adquirir um NFTs, será seu único proprietário, aumentando significativamente seu valor. Para comprar um NFT, basta utilizar “dinheiro virtual”, ou seja, criptomoedas.


Veja, agora, como investir no metaverso:


  • Já é possível comprar terrenos virtuais em metaversos para alugar ou vender posteriormente. Além disso, você também consegue construir um imóvel, nos moldes dos construídos no mundo físico.
  • Qualquer objeto pode ser tokenizados e você pode adquirir os mais diversos itens em sua forma virtual.
  • Outra maneira interessante de investir em metaverso, é comprando ações de empresas que desenvolvem soluções voltadas a esse conceito, como é o caso do Facebook ou, ainda, adquirir fundos de investimento ligados ao setor.
  • Por fim, é possível comprar diversos tipos de criptomoedas de empresas especializadas no assunto. 


Metaverso e mídia programática


O metaverso também deve gerar um grande impacto no marketing digital, com exibição de propagandas voltadas ao histórico de navegação de cada usuário, como o que ocorre na mídia programática, porém, com uma abordagem muito mais imersiva.


Entendemos que esse conceito irá afetar a maneira como as empresas vendem e se comunicam com seu público, abrindo inúmeras possibilidades para os profissionais de comunicação. 


Hoje, as marcas já contam com NFTs exclusivos e produtos que têm sua versão digital. Outras, utilizam mídia programática para veicular publicidade em jogos on-line, por exemplo. Nesses casos, o anúncio aparece em outdoors digitais, conforme o perfil do jogador, como deve ocorrer futuramente no metaverso. 


Conclusão


Neste artigo, mostramos o que é metaverso, como esse conceito deve impactar a vida e o trabalho das pessoas e a relação entre metaverso e mídia programática. Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com alguém que se interesse por esse tema! Ou, caso queira investir neste novo universo, com segurança, fale com a gente!


LEIA TAMBÉM NO BLOG DA OVERVIEW



O que é growth hacking?

Mídia programática no setor de alimentos: como fazer?

O que significa SSP? Saiba o que é e como funciona