Overview | Blog

O que é e como funcionam os inventários de mídia na programática?

17/10/2022 21:33:11

  • Compatilhe:

O que é e como funcionam os inventários de mídia na programática?



O que são inventários de mídia?


O inventário é o que você vende para anunciantes e compradores, é a negociação de espaços publicitários dentro de sites. O que antes era feito através de negociações diretas entre publisher e anunciante e levava muito tempo, hoje é realizado de forma bem mais automatizada!


O espaço do anúncio é representado por blocos de anúncios. Ao criar blocos de anúncios, um código também é gerado. Esse código é então inserido nas páginas do site ou aplicativo.  


Também temos os inventários: premium e ocioso 


Inventário Ocioso - O que significa esse termo?


Inventário ocioso são espaços de mídia que não foram vendidos pela equipe comercial do publisher e estão disponíveis para anúncios no momento que a página é carregada.  


No meio online, a tecnologia permite que muitos veículos optem por disponibilizar esse espaço para a venda automatizada, grande parte via leilão (RTB).


Inventário Premium 


Inventário premium são espaços de mídia que possuem segmentos definidos. Isso valoriza o inventário, que consequentemente são mais requisitados pelos anunciantes, tornando-os mais competitivos.


Há algumas abordagens-padrão, como a do conteúdo, ou seja, quando o espaço é acompanhado por conteúdo de alta qualidade. Nesse mesmo sentido, existem os “veículos premium”, ou seja, mídia com alto valor e credibilidade percebidos pela audiência, de boa reputação.


Devido a classificação mais clara e segmentada, os anúncios são melhores direcionados e a publicidade não se dispersa entre o público que não corresponde ao target. Por ser entregue ao público certo, a lucratividade geral aumenta.


Um inventário ocioso, pode ser premium?


De acordo com o glossário de Digital Marketing, o inventário ocioso pode conter inventário premium e, assim, ser transacionado via leilão, por exemplo. 


Se um espaço premium não for vendido e o veículo trabalhar com RTB, esse espaço estará disponível para a transação programática. Mas isso não significa que o leilão é a única maneira de transacionar premium via programático, uma vez que os veículos têm à sua disposição private marketplaces.


Header Bidding - O que é?


O header bidding se consolidou como uma das melhores práticas de mercado, pois representa grande impacto na gestão de inventário de publicidade digital. 


Trata-se de uma técnica avançada que permite ao publisher colocar no mesmo nível de concorrência todos os parceiros de mídia programática com os quais trabalha. Com ele as empresas do setor conseguem otimizar o leilão com todas as partes envolvidas, com o objetivo de garantir um recebimento maior do CPM (custo por mil impressões) para cada anúncio entregue.


O Prebid, projeto que funciona como biblioteca e comunidade de código aberto, contribuiu muito para a popularização desse modelo, pois permite que os publishers implementem o header bidding gratuitamente em seus websites e apps. 


Conclusão


Existem diversas formas de explorar o inventário, basta saber definir seu público e o canal certo! São inúmeras opções para você realizar sua campanha e incluir a mídia programática nos seus canais de divulgação!


Quer saber como a mídia programática pode melhorar suas vendas? Entre em contato!


Gostou do conteúdo? Compartilhe!


LEIA TAMBÉM NO BLOG DA OVERVIEW


Publicidade em CTV e Twitch TV - Como funciona? 

Guia Prático de Métricas

Mídia programática e inteligência artificial: a parceria que dá certo

O que é modelo de atribuição e como escolher um?